Intercâmbio de saberes entre mulheres

No dia 03 de abril de 2009, foi realizado o 3.º Intercâmbio Regional do Grupo de Mulheres da Região Centro Sul do Paraná e Planalto Norte Catarinense na comunidade de Invernada no município de Rio Azul, com a presença de 105 agricultoras familiares.

Assim como os dois primeiros realizados em 2008, este intercâmbio teve como objetivo estimular a troca de experiências entre as participantes, tendo como base o diálogo sobre a realidade das famílias visitadas, desta vez as famílias associadas a APRI – Associação dos Produtores Rurais da Invernada. Como temas centrais estavam a diversificação, segurança alimentar e geração de renda.

A mística de abertura preparada pelo grupo anfitrião trouxe logo um assunto de fundamental importância: a conservação das sementes crioulas, da água, da terra e das florestas, fazendo com que todas refletissem sobre a dependência e a degradação social, econômica e ambiental provocados pelo modelo do agronegócio em comparação com outros caminhos possíveis, fundamentados na diversificação, inovação e criatividade das famílias agricultoras.

Nestes encontros o costume é logo cedo dar uma boa caminhada na propriedade da(s) família(s) visitada(s). Mas como eram muitas e exigiam muitos deslocamentos, a opção foi cada uma apresentar suas experiências a partir de fotos, mostrando o que fazem ao redor da casa com as plantas medicinais, flores, com a produção de verduras e a criação de animais, com o arvoredo e com o moinho colonial da associação que foi reativado no ano passado principalmente para moagem de trigo e centeio. Esta foi uma grande conquista da comunidade que tinha no trigo um símbolo de autonomia que aos poucos se consolida como uma alternativa concreta a produção de fumo. Ter autonomia em sementes de trigo foi o primeiro passo dado e, ainda que não tenham tudo o que necessitam, o que têm está muito bem guardado em tambores para não carunchar.

Um fato que chamou atenção de todas foi que na APRI as mulheres e homens estão participando juntos de todos os momentos. Até o horário das reuniões foi ajustado para que todos pudessem estar juntos e assim estão exercitando planejar seu futuro.

Depois de bastante conversa as participantes se dividiram em grupos e apresentaram em plenária uma breve avaliação dos 3 encontros de intercâmbio e em grandes linhas como pensam em continuar este trabalho. Além de outras coisas, todos os grupos falaram em sementes crioulas. Aproveitando a oportunidade a AS-PTA fez o lançamento de uma cartilha com o tema “Sementes Crioulas: cuidar, multiplicar e Partilhar” que em seguida foi distribuída a todas as participantes como um material de apoio ás ações dos grupos e das famílias.

O evento terminou com uma feira de sementes crioulas que contou com mais de 100 tipos de sementes e mudas de diversas espécies.

Como de costume e como forma de expressar gratidão, foi realizado um grande Lanche da Partilha em forma de confraternização que além de deliciar e alimentar o corpo, proporcionou uma rica troca de receitas entre as participantes.

Isto foi postado em Notícias dentro de com os temas , , , e as tags , ,
Imprimir Este ArtigoFaça um comentárioCompartilhe no Facebook

Postar um comentário

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login with Facebook

*
*

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *