Perspectivas e desafios para uso e conservação da Floresta de Araucária

Com o objetivo de programar a continuidade das ações do Programa do Contestado, o evento abordará diversas questões, como a geração de riquezas a partir da floresta nativa, ao buscar resgatar a história do uso e da conservação da floresta pela agricultura familiar camponesa. Também serão tratados temas de ordem mais prática, como a legislação ambiental, as perspectivas de adequação das propriedades familiares ao marco regulatório ambiental, além dos desafios impostos pelas pressões decorrentes do modelo predatório do agronegócio sobre o uso e conservação da floresta.

Além dos(as) agricultores(as) e de suas organizações, o seminário contará com a presença de representantes de ONGs, do poder público ligado ao meio ambiente (das esferas municipais, estaduais e federal) e de professores e estudantes de universidades regionais.

Segundo Luis Cláudio Bona, Coordenador do Programa de Desenvolvimento Local da Região do Contestado da AS-PTA: Será um dia de rica e intensa troca de experiências e percepções, que deverão contribuir para que, na continuidade das ações do Programa, estejam contempladas as perspectivas de todos os segmentos envolvidos no fortalecimento do uso múltiplo e sustentável das nossas florestas.

Durante o Seminário, também haverá o lançamento do vídeo: Nossa Vida, Nossas Matas: famílias agricultoras usam e conservam a Floresta de Araucária.  O vídeo traz depoimentos dos(as) agricultores(as) familiares da região, que falam das pressões negativas do agronegócio, mas também de suas práticas tradicionais e das recentes inovações para o uso e a conservação da floresta, tais como: manejo da erva-mate; práticas de criação animal em potreiros (áreas sem árvores) ou em caívas (dentro da mata); uso de ervas medicinais; produção de mudas florestais diversas e beneficiamento de frutas nativas.

O vídeo também mostra como as leis brasileiras, associadas ao fomento ao agronegócio, incentivaram a derrubada da mata para plantio de grãos, pinus, eucalipto e fumo, causando sérios danos ambientais e econômicos. Além disso, as atuais legislações do setor penalizam as famílias agricultoras ao impedi-las de manter a relação que historicamente tiveram com a floresta.

O evento será realizado na Casa de Formação em União da Vitória (PR). Confira a programação.

Dia 30/10/2009

9h – 9h45: Café e inscrições dos participantes

10h – 10h30: Abertura, apresentação dos participantes e formação da mesa diretora dos trabalhos

10h30 – 12h: Lançamento do vídeo

12h – 13h30: Almoço

13h30 – 15h: Linha do tempo da legislação e debate

15h – 15h30: Lanche e café

15h30 – 16h: Trabalho em grupos

16h – 17h: Relato dos grupos, encaminhamentos e encerramento

Isto foi postado em Notícias dentro de com os temas e as tags , ,
Imprimir Este ArtigoFaça um comentárioCompartilhe no Facebook

Postar um comentário

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login with Facebook

*
*

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *