Multiplicação de adubação verde como estratégia da agricultura familiar do Paraná

 

 

O dia da comunidade começou cedo, tratando e arrumando os animais antes de ir para o mutirão. Por volta das 8h, já estavam no eito arrancando a ervilhaca. A colheita só parou ao meio dia para o almoço.

Além da colheita coletiva, o objetivo desse dia de mutirão foi plantar uma área experimental de aproximadamente 5000 m2 para o manejo dos sistemas de produção do milho. Realizou-se o plantio direto do milho crioulo sobre a palhada da ervilhaca, em uma área onde a ervilhaca não foi colhida e destina-se a esse experimento.

Nesse experimento, inoculou-se a semente do milho com bactérias que fixam nitrogênio e utilizou-se pó de rocha em sulco para auxiliar na nutrição do milho. As bactérias utilizadas foram retiradas dos próprios milhos crioulos da região, trabalho este realizado em parceria com a Universidade Estadual de Londrina e com apoio do CNPq.

Após o plantio ocorreu uma discussão, apontando os aspectos fundamentais desse processo para a agricultura familiar regional, relacionando-os com os sistemas de produção propostos pelos meios atuais agrícolas.

Depois veio o momento de debulhar a ervilhaca com a ajuda de uma trilhadeira e um batedouro de feijão. Essa empreitada durou até o fim da tarde, quando a produção foi pesada e repartida igualmente entre os agricultores e agricultoras participantes do mutirão.

Ao final, cada uma das 17 famílias participantes levou para sua propriedade 26 kg de sementeira de ervilhaca e, com isso, poderão plantar um hectare no próximo ano. Novamente discutiu-se a importância de manter sua sementeira, para assim poder ter uma autonomia sólida e soberana.

Dona Terezinha, agricultora da comunidade de Invernada, demonstrou muita satisfação pelo dia de trabalho conjunto: Que maravilhoso ver o povo reunido em prol de um mesmo objetivo, um ajudando o outro.

Isto foi postado em Notícias dentro de com os temas , e as tags , , ,
Faça um comentárioCompartilhe no Facebook

Postar um comentário

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Login with Facebook

*
*