Agricultores do Paraná lançam campanha “Plante Sementes Crioulas” durante a V Feira de Sementes de São João do Triunfo (PR)

Mais de 1500 pessoas, de 23 municípios do Paraná e Santa Catarina, se reuniram na comunidade de Pinhalzinho, em São João do Triunfo (PR) para realizar a V Feira de Sementes Crioulas e da Biodiversidade. Na feira, foram expostas diversas espécies de milho, feijão, arroz, hortaliças, adubação verde entre outras, selecionadas e guardadas pelas famílias agricultoras. Também podiam-se encontrar artesanatos, mudas de flores, de árvores frutíferas, conservas e compotas, mostrando a riqueza da biodiversidade que existe na cultura e tradição das famílias.

Durante a feira de sementes, foi oficializada a distribuição das sementes crioulas de milho, produzidas pelas famílias e comercializadas por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Durante a cerimônia de distribuição das sementes, foi lançada a campanha “Plante Sementes Crioulas”. A campanha que visa incentivar o plantio e a multiplicação das sementes crioulas é animada pelos sindicatos de trabalhadores rurais presentes, as escolas da região, e inúmeras associações comunitárias e ONG´s que trabalham com a agroecologia no estado.

No lançamento, Nelson Dias da Silva, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São João do Triunfo, falou sobre a importância das variedades crioulas de milho para a autonomia das famílias. Lembrou ainda da importância do PAA como alternativa de geração de renda para as famílias agricultoras que produzem as sementes crioulas com qualidade e também ressaltou a importância do programa para fortalecer a ampliação da prática do plantio das sementes locais por outras famílias.

Durante o lançamento da campanha, Fernando Stefanski, agricultor da comunidade da Terra Vermelha, de São Mateus do Sul, lembrou o fato de que todas as sementes que estavam sendo distribuídas passaram por teste de transgenia, para se ter a comprovação de que não estavam contaminadas pelas sementes convencionais vendidas pelas empresas. “Assim garantimos que as sementes crioulas são puras, e mais, além de serem produzidas sementes para a nossa autonomia, elas podem também se tornar alimentos como o fubá, farinha e quirera, podendo além de alimentar nossa família, serem comercializados para os programas do governo, como a merenda escolar, por exemplo”, e encerra afirmando “nós agricultores produzimos alimentos saudáveis e não produtos”.

O presidente da Cooperativa de São Mateus do Sul (Cofaeco), Benedito Padilha Pedro, encerrou o lançamento da campanha comentando como os projetos de venda de sementes para a Conab, além de beneficiar as famílias agricultoras incentivando a manutenção da diversidade e a riqueza das sementes crioulas, também vem fortalecendo as cooperativas no seu empenho em beneficiar novas famílias agricultoras.

No dia 02 de setembro, acontecerá a Feira de Sementes crioulas e da Biodiversidade em Rio Azul (PR), onde a campanha “Plante Sementes Crioulas” promoverá novas atividades.

Isto foi postado em Notícias dentro de com os temas e as tags ,
Imprimir Este ArtigoFaça um comentárioCompartilhe no Facebook

Um comentário

  1. Postado 29 de março de 2013 às 12:24 | Permalink

    Sou conselheira da Fundação Vida para todos ABAI, http://www.fvida.org.br
    Gostaria de receber mais informações sobre a feira de sementes crioulas, a nossa entidade também trabalha com sementes crioulas e temos planos de organizar uma feira regional. Temos a nossa sede em Mandirituba, na região metropolitana de Curitiba.
    um abraço Marianne Spiller

Postar um comentário

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login with Facebook

*
*

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *