Projeto Sementes do Saber

Encontro de JovensAo longo do ano de 2010, AS-PTA Agricultura Familiar e Agroecologia e o Polo da Borborema organizaram eventos com o objetivo de construir com os jovens rurais uma leitura crítica sobre sua realidade no contexto atual da agricultura familiar da região. Esses diagnósticos permitiram a identificação de iniciativas produtivas em curso em suas comunidades, bem como a manifestação de seus interesses por espaços de participação na vida social e política. Ao analisarem os desafios que vivenciam, os jovens chegaram a três principais eixos de ação com vistas a superá-los: formação para jovens agricultores(as) familiares, geração de trabalho e renda pela agricultura familiar e articulação da juventude na região do Polo da Borborema. Juntos, esses três eixos visualizados pelos jovens permitiram que AS-PTA e o Polo pudessem construir o Projeto Sementes gerando oportunidades de renda para jovens do agreste da Paraíba.

O projeto conhecido como Sementes do Saber, tem como objetivo contribuir para a inclusão socioeconômica de jovens em comunidades rurais de seis municípios do Polo da Borborema por meio da gestão e da promoção de acesso a mercados locais e regionais de mudas, sementes agroecológicas e animais de raças crioulas.

Será desenvolvido um processo continuado de formação técnico-política ao longo dos 3 anos da ação, organizado em módulos trimestrais, tendo em vista a constituição e articulação de um grupo regional integrado por jovens agricultores(as) vindos de municípios da região. Serão promovidas ações de capacitação técnica, experimentação, fomento, gestão de empreendimentos, assessoria para participação em espaços de governança e comunicação e difusão.

Cofinanciado:
União Europeia

 

 

 

 

 

 

 

Isto foi postado em Notícias dentro de com os temas , e as tags
Imprimir Este ArtigoFaça um comentárioCompartilhe no Facebook

3 comentários

  1. Postado 18 de agosto de 2014 às 22:48 | Permalink

    Onde consigo, posso me juntar a grupo que cultive sementes crioulas no Rio de Janeiro?

  2. Postado 16 de junho de 2014 às 13:52 | Permalink

    A agricultura familiar precisa absorver os pequenos proprietarios rurais, que têem eventualmente alguns colaboradores, mas a mao de obra basica é da familia

  3. simone
    Postado 29 de janeiro de 2014 às 12:27 | Permalink

    E NECESSARIO QUE A CADA DIA AS PESSOAS LANSSE PROJETOS VOLTADOS PARA O CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO RURAL , E QUE AS PESSOAS COMECEM A VALORIZA O QUE A NATUREZA TEM DE MELHOR PARA NOS BENIFICIA A TODOS NOS

Postar uma resposta a altair Cancel reply

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login with Facebook

*
*

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *