AS-PTA e Polo da Borborema recebem visita de representantes de rede internacional de promoção da agroecologia

DSC00493Entre os dias 16 e 21 de março, a AS-PTA Agricultura Familiar e Agroecologia e o Polo da Borborema receberam a visita de um grupo de representantes da Groundswell Internacional, uma rede de organizações de promoção da agroecologia com sede nos Estados Unidos e atuação na Guatemala, Honduras, Equador, Burkina Faso, Mali, Gana, Haiti e Nepal.

O grupo formado por duas pessoas do Haiti, uma do Canadá, dois do Equador, dois de Honduras, uma da Guatemala e um representante dos EUA visitou propriedades de famílias agricultoras no território de atuação do Polo da Borborema, rede de sindicatos rurais de 14 municípios da região da Borborema que tem a assessoria da AS-PTA, e atua desde 1993 apoiando a transição agroecológica de famílias agricultoras. Além das comunidades, os visitantes conheceram feiras agroecológicas e participaram de eventos de formação sobre temas como as sementes da Paixão (como são conhecidas as sementes nativas), os bancos de sementes comunitários, o trabalho de captação e armazenamento de água de chuva e o manejo agroecológico de cultivos como o da batata inglesa.

Steve Brescia, diretor da Groundswell, veio dos Estados Unidos e explica que o objetivo da visita é intercambiar experiências para melhorar a sua atuação enquanto rede: “Nós compartilhamos princípios e metodologias com a AS-PTA e nosso objetivo era vir aqui e conhecer o seu trabalho junto com o Polo, desde a experimentação com os agricultores na base até o acesso aos mercados e a incidência nas políticas públicas. Queremos aprender com estas experiências para melhorar a nossa metodologia”, disse.

SAM_7015Ross Mary Borja é diretora da Fundación EkoRural, do Equador. Ela falou um pouco sobre suas impressões da visita: “Ficamos muito emocionados com as coisas interessantes que vimos, contadas em detalhes pelos próprios agricultores”. A equatoriana disse que trabalha em uma área de montanhas, com uma realidade bem diferente, mas acredita que os desafios dos agricultores são parecidos. O que varia são as formas que sem encontram para enfrentar os desafios de cada lugar.

O que mais chamou a atenção da visitante foi a organização dos agricultores em sindicatos no território da Borborema e a equipe forte que a AS-PTA tem apoiado, mantendo diálogo permanente com as lideranças, facilitando processos de construção contínua. Ela disse que também se impressionou com os contrastes das imagens de antes e de hoje das paisagens que conheceu e principalmente com o diálogo e as alianças com os governos para as políticas de captação de água e de bancos de sementes e como os agricultores estão empoderados.

O contato com a Groundswell surgiu a partir da Rede Agriculturas, da qual a AS-PTA faz parte. A rede é responsável pela publicação da revista Agriculturas – experiências em agroecologia publicada na Ásia, África, Europa e América Latina. O contato inicial foi feito com os parceiros da África, que se interessaram em conhecer a experiência da AS-PTA. Assim como a AS-PTA, também assessoram organizações camponesas.

Gabriel Fernandes, assessor técnico da AS-PTA fez uma avaliação da visita: “A partir das visitas de campo e das discussões com a direção do Polo o grupo pôde avaliar que os trabalhos que conheceram fazem parte de um processo mais amplo, que parte da comunidade e passa pelo município e Polo até chegar na ASA (Articulação no Semiárido). Essa visão tem auxiliado no debate sobre aumento de escala das experiências em agroecologia “, disse Gabriel.

SAM_7046Gabriel ressaltou ainda como esse trabalho tem influenciado a definição de políticas públicas pra agricultura familiar de modo geral. Além de questões de planejamento institucional: “Estamos ampliando o leque de organizações com as quais temos contato. Essas trocas enriquecem nossas referências e a partir daí pode-se pensar em outras atividades, intercâmbios e projetos comuns”, finalizou.

 

Isto foi postado em Notícias dentro de com os temas e as tags
Faça um comentárioCompartilhe no Facebook

Postar um comentário

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Login with Facebook

*
*