Polo da Borborema define agenda de preparação para a VI Festa das Sementes da Paixão

comissão de sementes do Polo da BorboremaA Comissão de Sementes do Polo da Borborema, realizou nesta terça-feira, 30 de julho, uma oficina que debateu, entre outros temas, o processo preparatório para a 6ª edição da Festa Estadual das Sementes da Paixão, organizada desde 2004 pela Articulação do Semiárido Paraibano (ASA Paraíba). “Sementes da Paixão” são como ficaram conhecidas no estado as sementes crioulas, cultivadas pelas famílias camponesas há várias gerações, livres de agrotóxicos ou transgênicos.

O território de atuação do Polo da Borborema, que conta com a assessoria da AS-PTA Agricultura Familiar e Agroecologia, receberá em 2015 a Festa Estadual das Sementes da Paixão, que acontecerá no Santuário Santa Fé Padre Ibiapina, no município de Arara-PB, de 14 a 16 de Outubro, Semana Mundial da Alimentação.

A oficina contou com a participação de lideranças da Comissão de Sementes do Polo da Borborema e assessores técnicos da AS-PTA. Os participantes relembraram as cinco edições anteriores da festa (Soledade 2004; Cajazeiras 2005; Patos 2006; Lagoa Seca 2008 e Campina Grande 2010.) e fizeram uma rodada de debate em torno das seguintes questões: Por quê realizar uma festa estadual? O que as últimas festas têm nos ensinado? Em quê a Festa tem mudado a vida dos agricultores?

Os agricultores e agricultoras lembraram que a realização da Festa é um momento de reafirmação do modelo de agricultura que defendem, além de ser um espaço estratégico de visibilidade do trabalho com as sementes crioulas, de troca de experiências e de valorização dos guardiões e guardiãs de sementes. Conquistas como o acesso a políticas públicas como o PAA Sementes (Programa de Aquisição de Alimentos) e a Lei estadual de sementes, o resgate de novas variedades e a ampliação dos estoques de sementes foram lembradas durante o debate, que na avaliação dos participantes, foram fortalecidas por processos como o da Festa Estadual das Sementes da Paixão.

A agricultora Severina Pereira da Silva, conhecida como Silvinha, do Sítio Maracajá, em Queimadas-PB, lembrou que a Festa não é um momento apenas de comemoração das conquistas, mas também um momento de denúncia: “Denúncia das sementes transgênicas e tratadas com veneno que os governos continuam distribuindo, denunciar ainda os agrotóxicos que infelizmente alguns agricultores continuam usando e mais uma série de questões que nos impedem de avançar”, frisou. Manoel de Oliveira, conhecido como “Nequinho”, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alagoa Nova e da coordenação do Polo da Borborema destacou o papel de fortalecimento da organização comunitária que a Festa cumpre: “Quando a gente valoriza os guardiões, faz crescer a sua organização, o seu sindicato, porque as vezes ele está lá, isolado e nem acha que é importante o que ele faz”, disse. “Com a festa a gente tira o agricultor lá da base, e dá visibilidade para o que ele faz”, completou Silvinha.

comissão de sementes do Polo da BorboremaEm seguida, Emanoel Dias, assessor técnico do Núcleo de Sementes da AS-PTA, trouxe o processo preparatório em nível estadual que teve início em 2014, entre as atividades preparatórias foram citadas a Festa Regional do Cariri, Seridó e Curimataú, o monitoramento dos bancos comunitários de sementes e o Seminário sobre a ameaça das sementes transgênicas, realizado pelo Polo e pela AS-PTA em novembro de 2014, que inovou com a realização de testes de transgenia. Uma oficina estadual de formação sobre a festa será realizada em Arara-PB, nos dias 14 e 15 de julho.

Após esse momento, a reflexão foi mais voltada para o processo de preparação da Festa Estadual dentro do Território do Polo. Nesse sentido, foram pensados eventos municipais para reunir representantes dos bancos de sementes comunitários já existentes e também aquelas comunidades que ainda não formaram seus bancos, a proposta é convidar ainda Técnicos da Emater, Gestores Públicos Municipais e Lideranças dos Conselhos de Desenvolvimento Rural e Sustentável. A agenda de eventos municipais definida até o momento nos seguintes municípios: Matinhas 07/07; Queimadas 06/08, Alagoa Nova 11/08, Remígio 26/08, Lagoa Seca 27/08 e Esperança 03/09. Além dessas, outras atividades comunitárias de formação para as famílias agricultoras ligadas ao Programa de Sementes do Semiárido e ao Projeto Ecoforte, contam em sua programação com momentos específicos de preparação para Festa Estadual das Sementes da Paixão. Por fim, será realizado Seminário Territorial com todos os BSC que fazem parte da Rede Sementes do Polo da Borborema, agendado para o dia 10 de setembro, no Banco Mãe de Sementes, localizado no município de Lagoa Seca.

 

Isto foi postado em Notícias dentro de com os temas e as tags ,
Faça um comentárioCompartilhe no Facebook

Postar um comentário

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Login with Facebook

*
*