Comissão de Juventude do Polo da Borborema realiza encontro de balanço de 2016 e planeja ações para o próximo ano

Encontro de Jovens do Polo da BorboremaA Comissão de Jovens do Polo da Borborema realizou, no dia 14 de dezembro, no Convento Ipuarana em Lagoa Seca-PB, um encontro de balanço, para avaliar os avanços e desafios do ano que termina e planejar suas principais ações para 2017. Os cerca de 30 jovens, são dos 14 municípios da região da Borborema onde o Polo Borborema atua, há 20 anos, com a assessoria da AS-PTA Agricultura Familiar e Agroecologia.

Após a acolhida e as boas vindas, os jovens construíram uma linha do tempo, fazendo um resgate dos principais acontecimentos do ano, as ações a cada mês. Entre os avanços identificados à partir das ações, merece destaque a intensificação da participação dos jovens nos momentos de formação do Polo, o fortalecimento dos fundos rotativos solidários de e para jovens, a introdução de questões como a violência contra mulheres jovens, a homofobia e a transfobia, a participação dos jovens no curso de extensão em agroecologia de residência jovem, a realização da I Marcha da Juventude Camponesa em Defesa da Agroecologia, que aconteceu em Remígio-PB, e das três edições das Feiras Agroecológicas e Culturais da Juventude, as visitas de intercâmbios entre jovens, os encontrões da juventude, a participação da juventude nos programas de rádio e nas mobilizações, seminários de comercialização para jovens.

Encontro de Jovens do Polo da BorboremaOs jovens ressaltaram aspectos positivos do ponto de vista político e cultural da realização das marchas e das feiras: “Eu participei do Pastoril, que foi apresentado durante a feira. Foi bem legal porque a gente resgatou uma cultura que vem de antigamente no município”, comentou Ana Luíza Belo, de 15 anos, do Sítio Aningas, em Massaranduba. “Se a gente considerar o tempo agora de seca, foi uma surpresa ver tantos produtos, os jovens lá, animados, vendendo”, completou Emerson de Barros Fernandes, de 19 anos, do Sítio Cachoeira de Pedra D’água, também em Massaranduba.

“Com a Marcha, pudemos mostrar que a juventude está organizada e viva no território da Borborema. No meu município, a gente tinha muita dificuldade de tirar as jovens de dentro de casa para participar dos eventos de formação. À partir dessa marcha, houve uma conscientização maior, os pais compreenderam a importância dos encontros”, avaliou Edilson Onofre, de 29 anos, liderança da Comissão de Jovens do município de Arara-PB.

Os encontrões da juventude camponesa foram ressaltados como momentos fundamentais para a consolidação do trabalho da juventude em 2016. Os jovens valorizaram o diálogo e a troca de experiências entre as diferentes gerações de agricultores, os debates sobre temas atuais como a democratização da mídia, o cyberbulluing e a ética nas redes sociais, as análises para compreender a conjuntura política do país e as oficinas práticas que valorizaram a experimentação, entre outros.

Encontro de Jovens do Polo da BorboremaOutro ponto de destaque foi o fomento aos Fundos Rotativos Solidários de Animais. Os fundos rotativos, além de gerar autonomia para os jovens, foi espaço importante para favorecer a auto-organização nas comunidades. “O monitoramento dos fundos rotativos solidários de jovens foi muito importante, porque até eu que estou envolvida no trabalho, não tinha noção do tamanho daquilo que eu estava fazendo. Então eu já conversei com o grupo de jovens da minha comunidade para a gente dar continuidade a esse trabalho”, avalia Adailma Ezequiel, 25 anos, Sítio Lutador, Queimadas.

Em grupos, organizados por dois ou mais municípios, os jovens aprofundaram o significado de todo trabalho desenvolvido em 2016 para suas vidas, para o município e para o movimento de jovens.

Os jovens de Queimadas, Arara e Algodão de Jandaíra avaliaram que no campo pessoal, diante das atividades desenvolvidas no ano, “foram capazes de aprender a lidar com os diversos problemas impostos pela sociedade. Com as formações, temos capacidade de modificar nossos espaços de trabalho e comunidade, respeitando as diferenças e o meio ambiente. Com nosso envolvimento com a comissão, criamos um foco para o futuro, visando a nossa permanência no campo”, concluem.

Encontro de Jovens do Polo da BorboremaOs jovens de Massaranduba avaliaram que o viveiro municipal é o espaço privilegiado para organizarem a juventude. Mas também avaliaram a necessidade de aprimorar o espaço tanto no sentido de fortalecer a auto-organização dos jovens no município, quando no papel ambiental que esse espaço pode cumprir.

Por fim, todos os grupos avaliaram que no plano regional, os jovens vêm conseguindo apresentar para a sociedade suas bandeiras de luta e pavimentar caminhos efetivos que garantam sua permanência no campo, por meio da valorização da sua cultura, da defesa do meio ambiente e da formação em políticas públicas. “Depois dessas ações, os jovens assumiram quem eles eram, agricultores de verdade”, conclui o grupo formado por Areial e Matinhas.

 

A Juventude presente

Em grande organizaçãoencontro de jovens do Polo da Borborema

Em meio também à política

E a manifestação

Que na rua ele estava

Lutando por mais união

 

As conquistas alcançadas

Fora da região

Trocando experiências

Com nova articulação

Mostrando os seus saberes

Com toda dedicação

 

Lutando e afirmando os direitos de lutar,

Buscando visibilidade

Pra você e seu lugar

Pois juventude forte

Nunca cansa de lutar

 

Querendo autonomia

E uma luta vencer,

Aprimorando seu espaço

Para mais reconhecer

Com direito e alegria

Buscando mesmo é viver

 

Nossos planos de futuro

É na luta continuar

Agarrando esperança

Para a vida não parar

Sendo cada dia mais forte

Em uma vida regressar.

 

Jeane Carla

 

Juventude camponesa vem

Ganhando seu espaço no

Polo da Borborema que

encontro de jovens do Polo da BorboremaÉ um grupo organizado

Fazendo agroecologia

E deixando seu recado

Nas feiras agroecológicas

Os jovens também estão lá

E já olhando paras feiras que

Ele pensa em plantar pra

Ter uma renda extra

E seus pais ajudar

E no seu cotidiano ele

Passa o dia inteiro

Fazendo seus afazeres e cuidando

Do seu viveiro pensando

Em reflorestar o nosso

Sertão inteiro

E no fundo rotativo

Não é difícil não

Hoje em dia é cada

Jovem com sua

Criação com sua cabra

Galinha, ovelha e

Amor no coração

O jovem muda o pensar

De quem tem cabeça dura

Mostra que aqui no campo

Existe a agricultura e agora

Foi implantado também a

Apicultura

E a juventude do Polo

Que gosta de trabalhar

Tem o seu grito de guerra

E sabe que que é pra gritar

Juventude que ousa lutar

Constrói o poder popular

Guilherme Belo

 

 

A Juventude presente

Em grande organização

Em meio também à política

E a manifestação

Que na rua ele estava

Lutando por mais união

 

As conquistas alcançadas

Fora da região

Trocando experiências

Com nova articulação

Mostrando os seus saberes

Com toda dedicação

 

Lutando e afirmando os direitos de lutar,

Buscando visibilidade

Pra você e seu lugar

Pois juventude forte

Nunca cansa de lutar

 

Querendo autonomia

E uma luta vencer,

Aprimorando seu espaço

Para mais reconhecer

Com direito e alegria

Buscando mesmo é viver

 

Nossos planos de futuro

É na luta continuar

Agarrando esperança

Para a vida não parar

Sendo cada dia mais forte

Em uma vida regressar.

 

Jeane Carla

 

Juventude camponesa vem

Ganhando seu espaço no

Polo da Borborema que

É um grupo organizado

Fazendo agroecologia

E deixando seu recado

 

Nas feiras agroecológicas

Os jovens também estão lá

E já olhando paras feiras que

Ele pensa em plantar pra

Ter uma renda extra

E seus pais ajudar

 

E no seu cotidiano ele

Passa o dia inteiro

Fazendo seus afazeres e cuidando

Do seu viveiro pensando

Em reflorestar o nosso

Sertão inteiro

 

E no fundo rotativo

Não é difícil não

Hoje em dia é cada

Jovem com sua

Criação com sua cabra

Galinha, ovelha e

Amor no coração

 

O jovem muda o pensar

De quem tem cabeça dura

Mostra que aqui no campo

Existe a agricultura e agora

Foi implantado também a

Apicultura

 

E a juventude do Polo

Que gosta de trabalhar

Tem o seu grito de guerra

E sabe que que é pra gritar

Juventude que ousa lutar

Constrói o poder popular

 

Guilherme Belo

Isto foi postado em Notícias
Imprimir Este ArtigoFaça um comentárioCompartilhe no Facebook

Postar um comentário

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login with Facebook

*
*

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *