- AS-PTA - http://aspta.org.br -

Paredes comestíveis: construção de hortas verticais e nas lajes

ComunidadeAgricola_4 [1]No último 16 de novembro foi lançado o projeto “Hortas Urbanas Agroecológicas” que vai ajudar a construir hortas verticais e nas lajes, inicialmente na sede da Associação de Moradores da Comunidade Agrícola de Higienópolis, situada nas proximidades da Linha Amarela.

Com uma apresentação sobre a história da comunidade, Raimundo, presidente da associação de moradores, deu início à conversa. O local foi ocupado em 1990, com uma horta comunitária e possui hoje aproximadamente cinco mil moradores, a maior parte de origem de outros estados.

Na rodada de apresentação os moradores falaram sobre as suas relações com agricultura e seus sonhos de plantar. A maioria tem relação com agricultura, seja pelos pais e familiares agricultores, pelas lembranças da terra natal ou, até mesmo, como agricultores urbanos que cultivam em vasinhos, na calçada de casa e plantando frutíferas pela comunidade nos dias de hoje. Seu Heleno, pedreiro e vizinho da associação, contou que ainda tem família agricultora em Pernambuco, que cultiva em vasinhos na laje de casa e que estava animado e disposto a ajudar na construção do projeto. A mineira Valdivina também contou a sua experiência com os vasinhos e ainda afirmou: “Sei plantar milho, feijão…”. Outro morador disse que durante a infância, vendia os legumes que a mãe plantava e que antes de se aposentar plantava na escola onde trabalhava. A moradora Cláudia, que veio de Niterói (RJ), conta que tem uma “floresta tropical”, composta por laranja, tangerina, e que planta tudo que pode.

ComunidadeAgricola_5 [2]Zilma do INVEPAR falou sobre o instituto e o projeto proposto para a comunidade. Gesche, representando a AS-PTA, terminou a apresentação mencionando as áreas que poderão receber as hortas, as possibilidades estruturais e materiais para a construção das mesmas.

Durante a reunião, muitas dúvidas sobre o cultivo das plantas foram levantadas, assim como diversas experiências foram relatadas, demonstrando o interesse dos moradores por agricultura. Conversamos sobre os materiais que poderão ser utilizados para a construção da horta, tais como garrafas pet, tubos de pvc e objetos que podem ser encontrados pela comunidade. Algumas plantas que o pessoal quer plantar são coentro, pimentão, hortelã, tomate, acerola, cheiro verde, couve bertalha, entre outras. Foi falado da importância de envolver as crianças nas oficinas e do quanto o projeto pode auxiliar na discussão sobre educação ambiental e descarte do lixo na comunidade. A conversa terminou com um lanche e com os encaminhamentos para as próximas oficinas, tais como caminhada pela comunidade e recolhimento de objetos possíveis para compor a horta, planejamento do design das hortas e oficina de compostagem.

Esse projeto é uma parceria entre a AS-PTA, o INVEPAR, a Linha Amarela (LAMSA) e a Associação de Moradores da Comunidade Agrícola de Higienópolis.