Arquivo de Fotos e Vídeos dentro do Programa Paraíba

Vídeo – Sementes do Saber: Juventude Camponesa na Construção do Futuro da Agricultura Familiar na Borborema

marcha da juventude camponesaDesde 2010, o Polo da Borborema vem fomentando um trabalho com a juventude camponesa em seu território. Esse vídeo busca dar luz a essa juventude que vem se somar ao movimento de forma pujante. A partir de testemunhos dos jovens agricultores, o vídeo afirma a importância da juventude rural para a construção do futuro da agricultura familiar no território.

Esse documentário nasce no momento em que o Polo da Borborema celebra 20 anos de luta na construção de um território Agroecológico. E a partir das jovens vozes, afirma-se a Agroecologia como alternativa de desenvolvimento rural e de fortalecimento da agricultura familiar capaz de promover geração de renda e autonomia para a juventude do campo.

O vídeo Sementes do Saber também é o resultado do Diagnóstico sobre a Juventude Camponesa do Polo da Borborema, conduzido pelos próprios jovens, por lideranças do Polo da Borborema e pela AS-PTA. Traz a reflexão dos principais desafios levantados durante o estudo, mas sobretudo, mostra que os jovens têm claro o que querem para a vida. A decisão do futuro seguramente está em suas mãos. O que certamente determinará as diferenças entre as escolhas da vida são as oportunidades que lhe aparecem ou não: acesso à terra e aos recursos, acesso as políticas públicas, a identidade cultural, a organização em grupos de jovens, a participação no sindicato, assim por diante. Assim como o diagnóstico, esse vídeo permite descobrir novos tesouros, jovens agricultores-experimentadores que vêm fertilizando o chão da Borborema.

Clique e assista:

Postado em Fotos e Vídeos | dentro de com os temas e as tags , Comentar

Vídeo: VII Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia

No dia 08 de março de 2016, mais de 5 mil mulheres agricultoras saíram em caminhada na sétima Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia no município de Areial, na Paraíba.

A Marcha, realizada pelo Polo da Borborema e pela AS-PTA, é um momento de denúncia das desigualdades sociais e da violência contra a mulher. É quando reafirmamos nossa luta por direitos e por relações mais justas na agricultura familiar. Mas é também quando damos visibilidade ao protagonismo das mulheres na construção de um projeto agroecológico para a Borborema.

Marchamos pela vida das mulheres. Marchamos por direitos, por autonomia, por liberdade e por justiça.

Marchamos pelo fim de toda e qualquer forma de violência contra mulher.

Marchamos em defesa da agroecologia como modelo de desenvolvimento rural.

Marchamos pelo reconhecimento e pela afirmação do papel das mulheres na construção da segurança e soberania alimentar.

Marchamos pela defesa das sementes crioulas e adaptadas à nossa realidade e pelo papel das agricultoras como guardiãs da biodiversidade.

Marchamos pela democratização do acesso a água de qualidade para beber, cozinhar e produzir.

A expansão e a consolidação da agroecologia e das conquistas das mulheres exigem o permanente aprofundamento da democracia e a abertura dos espaços de expressão e organização que permitam a luta pela manutenção e ampliação das conquistas já alcançadas e por novos direitos. As mulheres da Borborema estão vigilantes na defesa da democracia e contra qualquer tentativa de subverter a ordem democrática, anular suas conquistas e sufocar seu grito pela vida das mulheres e pela agroecologia.

Assista:

Postado em Fotos e Vídeos | dentro de com os temas e as tags , , Comentar

Vídeo – Zefinha quer casar

capa frente (2)A AS-PTA Agricultura Familiar e Agroecologia e o Polo da Borborema vêm, desde 2003, buscando dar visibilidade às desigualdades das relações de gênero, principalmente no mundo rural. A cada ano, são organizadas as Marchas Pela Vida da Mulher e Pela Agroecologia. Esses momentos de grande mobilização, no entanto, são precedidos por um intenso processo de formação e sensibilização das mulheres, lançando mão dos mais variados instrumentos pedagógicos: sistematizações, diagnósticos, audiovisuais, cordéis, panfletos, vídeos, etc. Mas sem dúvida foi a peça de teatro A vida de Margarida que mais sensibilizou e favoreceu o aprofundamento do debate sobre as diversas facetas das relações de dominação patriarcal. Para permitir que um número cada vez maior de mulheres e homens pudesse refletir sobre sua realidade, o Polo e a AS-PTA adaptaram o roteiro da peça para uma novela.

Zefinha quer casar é o segundo episódio da vida da família de Margarida e Biu. Nesse vídeo, Zefinha, a filha do casal, quer se casar para conquistar sua sonhada liberdade. Apaixona-se por Zé, um jovem que mantém a cultura machista de seu pai, e encontra Ana, uma colega de escola que a ajuda a se perguntar: “É isso que tu queres para tua vida?”. O vídeo é encenado pelo Grupo de Teatro Amador do Polo da Borborema, formado por agricultores, agricultoras, lideranças e técnicos do Polo da Borborema e da AS-PTA.

 

Clique e assista:

Realização
AS-PTA
Polo da Borborema

Produção
TV Viva
Sempre Viva Produções

Apoio
ActionAid
CCFD

Co-financiado
União Europeia

Tempo: 22 minutos

Ano: 2015

 

Postado em Fotos e Vídeos | dentro de com os temas , e as tags , , 1 Comentário

VI Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia

Mais de cinco mil agricultoras e lideranças rurais da região do Polo da Borborema e de outras partes da Paraíba, marcharam pela sexta vez na Marcha Pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia, na manhã da quinta-feira, 12 de março. Desta vez, no município de Lagoa Seca, região metropolitana de Campina Grande-PB. A marcha é uma atividade realizada desde 2010 pelo Polo da Borborema, um fórum de sindicatos e organizações da agricultura familiar que congrega 14 municípios e mais de cinco mil famílias do Agreste da Borborema, com a assessoria da AS-PTA Agroecologia e Agricultura Familiar.

Postado em Fotos e Vídeos | dentro de com os temas e as tags , Comentar

Vídeo: Minha vida é no meio do mundo

minha vida é no meio do mundoDesde 2003, o Polo da Borborema e a AS-PTA vêm desenvolvendo ações para denunciar e dar visibilidade às desigualdades nas relações entre homens e mulheres. Junto com as mulheres agricultoras vêm construindo e exercitando estratégias para superação desse quadro.

“Minha vida é no meio do mundo” é um encontro de histórias de mulheres que conseguiram abrir as portas de suas vidas para conquistar um novo mundo, agora não mais sós, mas fortalecidas numa rede de agricultoras-experimentadoras. É na afirmação de suas capacidades produtivas, econômica e social que as agricultoras do Agreste da Paraíba estão reconstruindo novas relações de poder, fundadas na igualdade entre gêneros.

Tempo: 30 minutos
Ano: 2014

Postado em Fotos e Vídeos | dentro de com os temas e as tags , 1 Comentário

Terra Forte: paisagens camponesas

convite exposição terra forteAs mudanças climáticas e os processos de desertificação são fenômenos que se alimentam mutuamente em regiões áridas, semiáridas e subúmidas secas, onde estão localizadas 44% das áreas de produção alimentar no mundo e onde vivem 800 milhões de pessoas. Reverter esse quadro desafiante é uma urgência que vem mobilizando amplos setores da comunidade internacional. Não sem razão, as Organizações das Nações Unidas consagraram 2015 como o Ano Internacional dos Solos. A superação desse desafio cobra a disseminação de inovações técnicas, políticas e institucionais capazes de conciliar o estancamento dos processos de degradação dos solos e a adaptação da agricultura às já inevitáveis mudanças climáticas com a necessidade de intensificar o uso das terras agrícolas a fim de atender às demandas por alimentos de uma população mundial crescente. Experiências em curso em várias regiões do planeta demonstram que a abordagem agroecológica para o desenvolvimento agrícola é capaz de efetuar essa conciliação por meio do princípio da intensificação econômica sem simplificação ecológica.

O Agreste da Paraíba é palco de intensos processos de inovação agroecológica responsáveis pela alteração da fisionomia das comunidades rurais. Foi para registrar em luzes e cores a revitalização das paisagens na região que o fotógrafo recifense Flávio Costa emprestou a sensibilidade de seu olhar para captar instantâneos de homens e mulheres da agricultura familiar que com sua inteligência e perseverança constroem caminhos para transpor localmente desafios que são também de escala global.

As experiências de promoção da Agroecologia na região são apoiadas pelo Projeto Terra Forte, iniciativa concebida e executada pela AS-PTA Agricultura Familiar e Agroecologia, em parceria com o Polo da Borborema, o Patac e Agrônomos e Veterinários Sem Fronteira (AVSF) e cofinanciada pela União Europeia.

Também postado em Notícias | dentro de com os temas e as tags Comentar

Sementes do Saber: construindo o futuro da Agricultura Familiar na Borborema

Quem sou eu e como é meu lugar? O que eu faço e qual é o meu trabalho na agricultura? Quando me descobri agricultor/as e o que isso significa para mim?

Foi respondendo essas perguntas que 19 jovens da Borborema foram desafiados a conversar com outros jovens por meio de vídeo-cartas.

O resultado foi uma emocionante série onde esses jovens abriram seus corações falando de preconceito, dificuldades, mas também de orgulho, trabalho, tradição, identidade, futuro.

Não deixem de ver o que esses jovens têm a dizer.

Genilda: Imagino ser uma agricultora excelente

Higor: O tempo da colheita é o que eu mais adoro

Edilene: Quero ajudar a tornar o assentamento bem bonito

Gabriel: Faço a minha própria feira

Daniel: Aprendi ser agricultor com meus avós

Silvana: Trabalho com a minha família

Jarcira: A terra tem vida

Marcílio: Em qualquer canto que eu chego, digo: eu sou agricultor

Aline: Os jovens devem procurar ajuda nos sindicatos

Erivan: Os agricultores alimentam o mundo

Maria Gabriela: Preciso conquistar terra

Marcelânia: Nasci na agricultura

Osmar: Eu quero ser agricultor

Alex: Eu gosto de mexer com a terra

Moisés: O sítio nos dá um orçamento

Marília: Sou agricultora desde que nasci

Marcos Sandro: Não devemos deixar nossos pais sozinhos

Vandilson: O que mais gosto de fazer é plantar

Ana Joaquina: A agricultura significa tudo na minha vida

Postado em Fotos e Vídeos | dentro de com os temas e as tags , Comentar

Vídeo V Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia

V MarchaMais de 3.500 agricultoras dos 14 municípios que compõem o Polo da Borborema e de outras regiões do estado que fazem parte da ASA Paraíba estiveram reunidas pela quinta vez na Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia, organizada pelo Polo da Borborema em parceria com a AS-PTA Agricultura Familiar e Agroecologia.

Assista ao vídeo:

Postado em Fotos e Vídeos | dentro de com os temas e as tags , Comentar

Vídeo – Brasil Agroecológico

Vídeo produzido para o lançamento do Brasil Agroecológico – Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica que tem como principal missão articular políticas e ações de incentivo ao cultivo de alimentos orgânicos e com base agroecológica e representa um marco na agricultura brasileira.

Postado em Fotos e Vídeos | dentro de com os temas e as tags Comentar

Vídeo – Guardiões das sementes da paixão

Fava orelha de vó, feijão carioca de cacho, feijão do cego, feijão macassa: agricultores e agricultoras do Polo da Borborema falam sobre a paixão por suas sementes.

Postado em Fotos e Vídeos | dentro de com os temas e as tags , , Comentar