Agricultura Urbana participa da Feira Nacional da Agricultura Familiar (RJ)

A cidade do Rio de Janeiro reunirá, entre os dias 7 e 12 de outubro, 650 expositores no evento Brasil Rural Contemporâneo – VI Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária. É uma oportunidade única para dar visibilidade à produção de famílias agricultoras das mais diversas partes do país, que estarão expondo mais de 10 mil produtos.  

Agricultoras e agricultores urbanos fluminenses também terão espaço para mostrar seus produtos no estande da Articulação de Agroecologia do Estado do Rio de Janeiro (AARJ), parceira do Programa Agricultura Urbana da AS-PTA. É o caso de mulheres moradoras de bairros populares que vêm produzindo sabonetes, pomadas, xampus, entre outros, feitos com ervas medicinais.

No dia 9, os(as) agricultores(as) urbanos(as) parceiros(as) da AS-PTA farão uma visita guiada pela feira, quando terão a oportunidade de vislumbrar toda a diversidade da agricultura familiar brasileira e estabalecer contatos para futuros intercâmbios, atividade bastante estimulada pela AS-PTA, que já promoveu trocas de experiências entre agricultores na Paraíba, Minas Gerais e no próprio Estado do Rio.

A ideia é continuar a fomentar esse instrumento de aprendizado mútuo entre os agricultores urbanos com que trabalhamos, declara Marcio Mattos de Mendonça, coordenador do programa de Agricultura Urbana da AS-PTA.

A feira servirá ainda como estímulo à produção para essas e outras famílias moradoras de áreas urbanas. A participação delas num evento como esse é muito importante para mostrar que também se faz agricultura no meio urbano. Vale a pena passar no estande da AARJ e conferir, reforça Marcio.

Segundo informações da organização do evento, a feira também terá apresentações musicais e diversas atividades para crianças, como contadores de histórias, gibiteca e teatro de bonecos. Ao todo, serão mais de 400 músicos e artistas populares apresentando seus repertórios.

O Brasil Rural Contemporâneo é um evento do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).  Para acessar a programação completa e outras informações, acesse o site do MDA.

Curso sobre plantas medicinais Magé (Baixada Fluminense)

A AS-PTA e a Rede Fitovida irão promover um curso de plantas medicinais dirigido aos agricultores da Cooperativa de Pequenos Produtores Rurais e Agricultores Familiares do Município de Magé (Coopagé). O curso será toda sexta-feira, entre 9 e 30 de outubro, a partir das 9 horas na sede da cooperativa.

Segundo Marcio Mendonça, da AS-PTA, os integrantes da Coopagé estão bastante entusiasmados com o curso. Para eles, o trabalho com plantas medicinais envolve diversas dimensões, como produção, saúde e resgate da cultura popular.

A cooperativa foi criada em 2007 e reúne agricultores em processo de transição agroecológica que produzem alimentos in natura, como mandioca, inhame, quiabo, jiló, pimentão, como também beneficiados, na forma de geleia, goiabada, farinha de mandioca, pimenta e mel. Eles participam da AARJ e atualmente estão discutindo a possibilidade de criar uma feira agroecológica local, como mais um canal de comercialização de seus produtos.

Encontro da Partilha

Ainda em outubro, dia 24, a AS-PTA estará participando do Encontro Estadual da Partilha, promovido pela Rede Fitovida. O evento consiste numa atividade de troca de experiências sobre plantas medicinais e também coincidirá com a inauguração da Casa da Memória da Rede Fitovida, em Belford Roxo (RJ).

Na parte da manhã, haverá partilha de experiências sobre o tema em destaque desta edição: pomadas. À tarde, os participantes debaterão sobre a importância da memória para a disseminação desses conhecimentos populares. Depois, será feita uma visita ao espaço da Casa da Memória.

O evento será aberto ao público e contará com a presença de representantes dos mais de 100 grupos que compõem a Rede Fitovida.

Para mais informações, contatar Beth (Fitovida), pelo telefone (21) 9217-8346, ou Marcio Mattos de Mendonça (AS-PTA), pelo e-mail urbana@aspta.org.br.

 

Isto foi postado em Notícias dentro de e com as tags , , ,
Faça um comentárioCompartilhe no Facebook

Um comentário

  1. VIRGINIA CRESPO
    Postado 23 de outubro de 2011 às 22:03 | Permalink

    Gostei muito do site e das matérias! informações de valor.
    Gostaria de saber onde posso fazer curso de plantas medicinais. Moro em Jacarepaguá-RJ.

Postar um comentário

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Login with Facebook

*
*